porteiros
A Importância do Porteiro para a Segurança do Condomínio
28 de novembro de 2016
cerca-eletrica
Cerca Elétrica
28 de novembro de 2016

Arrastão em Condomínio – Como Evitar?

predio

Criminosos fazem arrastão em prédio na Zona Sul de São Paulo

Mais de dez bandidos participaram da ação.
Eles tinham controle para abrir a porta da garagem; polícia investiga caso.
11/05/2016 08h20 – Atualizado em 11/05/2016 08h22 – G1 São Paulo

Moradores de um condomínio da Zona Sul da capital viveram momentos de pânico na tarde de terça-feira (10) ao serem vítimas de um arrastão. Mulheres, idosos e crianças ficaram sob a mira de revólveres em um condomínio na Rua Alexandre Benoá, na Vila Andrade.

A quadrilha não precisou render ninguém na portaria para acessar o prédio. Eles entraram como se fossem moradores, por aqui, já que tinham o controle da garagem. O grupo invadiu nove apartamentos. Todas as vítimas foram levadas e trancadas na casa do zelador, que fica nos fundos do edifício.

Uma moradora diz que os bandidos faziam graça e ameaçavam as pessoas a todo tempo. “A todo o momento, eles falavam assim: vocês fiquem quietinhos que não vai acontecer nada com vocês. Mas, qualquer coisa, a gente tem uma granada aqui e a gente explode todo mundo”, diz a moradora.

A vizinhança percebeu algo de estranho no condomínio e chamou a polícia. Os onze bandidos fugiram levando computadores, celulares, joias e dinheiro dos moradores. Na fuga, um dos veículos foi abandonado perto de uma favela na região. Parte do material roubado foi recuperada. Ninguém foi preso. A polícia investiga o caso.

Como evitar?

Uma prática muito comum nos condomínios residenciais verticais é o próprio morador realizar a abertura dos portões de veículos utilizando controle remoto, validando o acesso através do controle + veículo. Esta dinâmica é frágil e ineficaz, uma vez que quem realmente possui a autorização de acessar o condomínio é o condutor e não o seu veículo. Outro ponto que chama a atenção foi a quantidade de apartamentos roubados, nesta situação a utilização de uma portaria blindada – como uma célula de segurança, permitiria que a policia fosse acionada no ato da detecção do condomínio, minimizando assim o tempo da ação criminosa no condomínio. Toda vulnerabilidade do condomínio para o bandido é uma oportunidade.

Principais vulnerabilidades:

  • Morador possui controle remoto dos portões de veículos e a sua entrada e saída não é gerenciada pela portaria;
  • Inexistência de validação do acesso de veículos baseado no condutor do veículo;
  • Inexistência de guarita blindada;
  • Inexistência de sistema de comunicação de emergência – botão de pânico monitorado por empresa especializada.

Como evitar:

  • O acesso de veículos deve possuir sistema de antecâmara, onde somente um veículo acessa por vez – independente do sentido;
  • A validação do acesso de veículos, deverá ser baseado no condutor do veículo e não no veículo – quem possui autorização de acesso é a pessoa e não o veículo;
  • A portaria deverá possuir condições de acompanhar a movimentação de entrada e saída de veículos e pedestres, e identificar o condutor através de sistema de controle de acesso com banco de dados relacional e sistema de câmeras de boa qualidade;
  • A guarita deverá possuir proteção balística e todos os acessório para que seja operada como um cockpit de segurança;
  • O condomínio deverá possuir monitoramento remoto de alarmes e imagens, os quais nesta situação iria evidenciar para uma empresa especializada, a movimentação atípica, desta forma possibilitando acionar um plano de contingência pré-estabelecido;
  • O condomínio deverá investir em um plano de segurança, em treinamento dos porteiros e campanha de conscientização dos moradores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *