Diagnóstico de Riscos e Vulnerabilidades

O RAIO-X da sua segurança!

Para a elaboração do diagnóstico de riscos e vulnerabilidades, é realizado um “Raio-X” nas Áreas e Instalações de nossos clientes, através de atividades de levantamento de campo, onde são identificados os riscos e ameaças aos quais estão expostos, através da análise dos seguintes itens:

  • Cultura organizacional;

  • Localização (vizinhança e arredores) e vias de acesso;

  • Segurança física das edificações;

  • Perímetros, barreiras físicas (muros, gradis, portões);

  • Acessos de veículos e pedestres;

  • Acessos internos;

  • Áreas de acesso restrito;

  • Áreas administrativas e operacionais;

  • Centro de medições;

  • Portaria (localização, constituição, layout e operação);

  • Recursos humanos;

  • Serviço de segurança patrimonial;

  • Força de trabalho e horário dos turnos;

  • Sistemas de vigilância eletrônica;

  • Sistema de controle de acesso;

  • Identificação e controle de pessoal, veículos e materiais;

  • Sistema de CFTV Digital;

  • Sistemas de alarmes;

  • Sistemas de comunicação;

  • Sistemas de monitoramento;

  • Normas e procedimentos, entre outros.

businessman-talking-to-businesswoman-in-factory.jpg

Com base na análise das informações levantadas, elaboramos o Relatório Tático Operacional, o qual apresenta as recomendações das correções á serem feitas no empreendimento, contendo:

  • Metodologia utilizada;

  • Riscos identificados;

  • Relação de vulnerabilidades;

  • Origem dos riscos;

  • Forças e fraquezas do empreendimento;

  • Recomendações para tratamento dos riscos identificados;

  • Ordem de priorização das correções;

  • Distribuição dos sistemas x riscos.

Para estimativa dos investimentos e orientar a implementação das recomendações do Relatório Tático Operacional, elaboramos o Memorial Descritivo, o qual quantifica, especifica e dimensiona os equipamentos, sistemas e serviços recomendados. Sendo parte integrante do Memorial Descritivo:

  • Planta baixa com localização dos dispositivos e alterações físicas recomendadas;

  • Quantificação e especificação dos equipamentos, sistemas e serviços;

  • Especificação técnica dos equipamentos e serviços;

  • Posicionamento das câmeras com perspectiva visual do foco (fotos);

  • Planilha quantitativa com estimativa de custos;

  • Elaboração de carta convite para fornecedores (RFP)*;

  • Orientação para a contratação dos fornecedores;

  • Equalização de propostas comerciais.